Arquivos para categoria: Uncategorized

A Ovomaltine, em seu filme publicitário sobre seu produto em caixinha, criado pela QG Propaganda, decide alterar a palavra “manés” por “meninos”, em uma frase que uma pequena garota fala no comercial. Segundo eles, a expressão não foi muito bem utilizada nos valores em que a marca preza. Segue abaixo o esclarecimento:
“Essa decisão tem como objetivo reforçar os valores que a marca Ovomaltine prioriza e que permeiam todas as suas atividades, que são o respeito, a ética e a transparência. A Ovomaltine esclarece ainda que nunca foi sua intenção utilizar o termo ‘manés’ de maneira pejorativa, sendo o intuito da peça publicitária apenas o de replicar, no diálogo entre os atores do filme (os gêmeos e a menina) uma brincadeira inocente entre crianças no ambiente escolar”.
Segue também no post, o video!
O que vocês acharam? Um exagero ou uma necessidade? Faz alguma diferença a utilização de uma palavra ou de outra?
Deixem seus comentários!

Fonte: http://www.cidademarketing.com.br

 

Att, Pagú C.

Anúncios

A Skol foi “punida” pelo Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) em função do vídeo “Monstro do Pântano”, que foi ao ar em janeiro deste ano e faz parte da campanha “Um por todos. Todos por uma”.

 

Na peça, três jovens estão em uma trilha e, quando voltam para o trailer em que estão alojados, percebem que um monstro está acabando com o lugar. Os três personagens são os que, segundo o Conar, parecem novos demais.

quando mandou que os atores fossem trocados por aparentarem ser menores de idade.

O órgão reforçou uma determinação de julho, quando mandou que os atores fossem trocados por aparentarem ser menores de idade.

Na peça, três jovens estão em uma trilha e, quando voltam para o trailer em que estão alojados, percebem que um monstro está acabando com o lugar. Os três personagens são os que, segundo o Conar, parecem novos demais.

Anúncio da Nívea é considerado racista

Vários e vários clientes da marca de cosméticos Nivea se sentiram ofendidos por uma propaganda bastante polêmica que foi veiculada. 

A marca criou uma série de anúncios impressos para a sua linha Revitalização da pele dos homens. O anúncio em questão mostra um homem negro jogando uma cabeça de uma pessoa também negra, junto com a frase: “Re-Civilize Yourself” (algo como “recivilize-se”), que pode ser interpretada de uma maneira racista.
LEIA MAIS: Campanha da Dove é apontada como racista
Desde que o anúncio foi ao ar, a página do Facebook da Nivea está sendo inundada com comentários bem irritados.

É importante que os publicitários tenham mais cuidado ao criarem os conceitos de suas campanhas. A escolha do slogan e da imagem até pode ter sido exclusivamente para destacar a nova linha de cosméticos, mas trouxeram à tona uma das características da humanidade que mais precisa ser combatida: o preconceito. 

Na noite de ontem a Nivea escreveu um pedido de desculpas em seu Facebook:
“Obrigado por se importarem o bastante para nos dar a sua opinião sobre o recente anúncio do “Re-Civilized NIVEA FOR MEN. Esse anúncio foi impróprio e ofensivo. Nunca foi nossa intenção ofender ninguém e por isso estamos profundamente arrependidos. Esse anúncio nunca será usado novamente. Diversidade e igualdade de oportunidades são valores fundamentais de nossa empresa.”

Bom pessoal eu vou começar a postar notícias relacionadas com a área de deontologia. Espero que vocês gostem. E para começar tenho uma notícia quentíssima.

Segundo a Folha Online, John McCain utilizou a imagem da patricinha mais conhecida dos Estados Unidos Paris Hilton em seu comercial, sem que ela tenha autorizado.

O comercial produzido para a campanha de John McCain mostra imagens da visita de Barack Obama (seu rival na corrida pela presidência dos Estados Unidos), quando o mesmo esteve em visita pela Europa, principalmente momentos em que ele passou por Berlim, capital da Alemanha. No comercial uma voz feminina compara Obama a duas celebridades bem conhecidas pelos jornais do mundo: Paris Hilton e Britney Spears, questionando a capacidade de Obama em assumir a presidência dos Estados Unidos.

“É a maior celebridade do mundo”, diz a voz feminina enquanto aparecem imagens de Obama em Berlim entrecortadas com fotos das duas famosas louras.

“Porém, será que ele está pronto para assumir o comando?”, pergunta a locutora.

Todo mundo sabe dos escândalos que as duas loiras se envolveram nos últimos tempos e no comercial fica claro da comparação das duas com Obama.

No decorrer no comercial ainda a voz feminina afirma que o democrata se opõe à exploração das reservas de petróleo da costa americana e que quer aumentar as taxas sobre a eletricidade.

“Mais impostos, mais petróleo importado do exterior: isso é o verdadeiro Obama”, acrescenta a voz, antes que apareça uma foto de McCain afirmando: “Eu sou John McCain e aprovo essa mensagem”.

O problema é que Paris Hilton teria afirmado que não autorizou sua imagem para o Comercial, que foi divulgado nesta ultima quarta-feira, dia 30. E agora, o que irá acontecer com este comercial? Vai ser um verdadeiro desafio de Titãs. E ver para crer.

Comercial

Um abraço
Jessica Maria Busarello

Fonte: Folha Online

Para ter uma notícia sua notícia aqui, aluno da disciplina em questão, deves mandar a reportagem para o e-mail deonto.uniasselvi@gmail.com com o assunto “Notícia – Seu nome completo“.
Dentro do e-mail deve constar tudo que você quer noticiar, desde o simples texto à imagens e vídeos. Caso a notícia não tenha imagens, mas você deseja inserir alguma, basta procurar alguma dentro do contexto e enviar como anexo. Não esqueça de colocar a fonte de onde foi retirado o conteúdo, imagens ou qualquer outro conteúdo multimídia.
Notícias sem as devidas fontes e créditos serão excluídas devidos os direitos autorais.
Olá

Bem-vindos todos ao blog da disciplina de Deontologia e Legislação Publicitária do Centro Universitário Leonardo da Vinci, Indaial – SC.

Este blog tem como finalidade a divulgação de notícias encontradas pelos alunos.

A forma de ter sua notícia divulgada será descrita em um novo post.

Att.

Rafael
%d blogueiros gostam disto: